A importância do sorriso em datas como o Dia de Portugal

Sorrir faz bem e é libertador. Quando uma pessoa mexe os lábios expandindo-os para as laterais e fazendo, automaticamente, aquela linda curvatura, o objetivo não é apenas expor os seus dentes. Rir vai muito para além disto. O sorriso é praticamente uma demonstração do estado da sua alma.

Sim, quando alguém sorri está a exprimir os seus sentimentos. Um sorriso pode significar alegria, tristeza, superação, alívio e até desespero. E muitas coisas podem mudar quando uma pessoa passa a evitar este ato simples e prazeroso que é sorrir.

 

Por que é importante cuidar do sorriso?

 

Se chorar é lavar a alma, sorrir é saborear o universo. Além de deixar o ambiente mais leve e bonito, este ato faz bem à saúde (mesmo!). Quando abrimos aquele sorriso natural, o nosso corpo liberta duas hormonas muito importantes.

Se não sabia, esteja atento! Falamos da endorfina e da serotonina. Sim, aquelas maravilhosas aliadas que estão de mãos dadas com as sensações de prazer e bem-estar. Circulam livremente pelo nosso corpo enquanto estamos a sorrir.

Mas também convém ter em consideração que o ser humano é um ser social e que nada nos aproxima mais de outras pessoas do que um grande sorriso.

 

A importância do sorriso no Dia de Portugal

Certamente, sabe que no dia 10 de junho se comemora o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas. Este é mais do que um simples dia de comemoração. É dia um para se distribuir sorrisos. E engana-se quem pensa que poesia de Luís de Camões remete apenas à melancolia. Leia este verso do autor:

Quando da bela vista e doce riso
Tomando estão meus olhos mantimento,
Tão enlevado sinto o pensamento,
Que me faz ver na terra o Paraíso.

Assim de repente, até podemos dizer que o sorriso e a comemoração de uma festividade formam um par perfeito. Não acha? O sorriso é a mais pura demonstração de felicidade, de que está bem consigo. E todos esses fatores combinam plenamente com datas comemorativas, pelo menos com a maioria delas. E o dia 10 de junho não é exceção.

Em vários dos seus textos, Luís de Camões faz menção ao sorriso. Trata-se de algo simples, mas que tem o poder de transformar a forma como vemos a vida, porque muda a forma de nos expormos perante o mundo e até de como comunicarmos com as pessoas à nossa volta.

 

Mas afinal, quem foi Camões?

Luís Vaz de Camões foi um poeta e a sua obra literária é considerada a mais importante da história da Língua Portuguesa, mas também reconhecida e admirada por leitores por todo o mundo. A sua mais famosa obra são Os Lusíadas. A importância da obra deve-se ao facto de a mesma retratar a a travessia do Cabo das Tormentas, tendo o navegador Vasco da Gama como narrador deste momento histórico para Portugal. Uma narrativa simbólica e marcante.

Uma coisa que talvez muita gente não saiba é que o dia 10 de junho não é a data do nascimento de Luís de Camões, já que essa data é desconhecida. O dia marca antes o seu falecimento, ocorrido em 1579 ou 1580. O feriado é celebrado desde 1910 e, a princípio, era comemorado apenas na cidade de Lisboa.

Para comemorar precisa de estar bem de saúde

Na verdade, devemos estar sempre bem de saúde. Mas, já que estamos a falar de uma data comemorativa, que é um dia para se estar com parentes e amigos, é inevitável pensar que, para apreciar dias como este, precisamos de cuidar da nossa saúde oral.

E fazer isso é mais do que cuidar de si no geral. É estar pronto para usufruir de momentos de felicidade em datas especiais, e não apenas em feriados. E, na verdade, nem sequer é preciso que seja uma data especial para sorrir.

Porém, algumas pessoas deixam de sorrir por vergonha, timidez, ausência de dentes e por não considerarem que o seu sorriso seja bonito o suficiente para que ser partilhado com os outros.

No poema “Tanto de meu estado me acho incerto”, Camões fala de algo que pode ser encorajador para quem evita cuidar do sorriso, ou até para quem deixa sempre para depois a decisão de cuidar de si. 

Tanto de meu estado me acho incerto,
que em vivo ardor tremendo estou de frio;
sem causa, juntamente choro e rio,
o mundo todo abarco e nada aperto.

 

Não sorrir pode transmitir uma ideia errada

E onde é que o sorriso entra nesta história? Se não o costuma fazer, as pessoas podem ter uma impressão errada sobre si. 
Imagine uma pessoa que nunca esboce um sorriso. Que impressão terá sobre ela? Que está chateado, com raiva, de mau humor. O certo é que nunca será a visão e uma pessoa feliz. Já se imaginou perto de alguém de quem tem esta ideia numa data comemorativa como o 10 de junho?
 
Até pode ser que a pessoa seja mesmo assim. Ou, simplesmente, aquela pessoa pode ser mais introvertida por não gostar da sua própria aparência. Isso acontece por vários motivos e um deles é o sorriso.

 

Este problema tem solução!

Seja qual for a sua queixa ou problema de saúde oral, o MEID – Movimento Europeu de Implantes Dentários propõe a solução mais adequada ao seu caso. Quer tenha dores, dificuldades ao alimentar-se, mau hálito, sangramento ao escovar os dentes, inclinação dos dentes e até ansiedade, vergonha e insegurança, pode contar com o MEID para ajudar a resolver o seu caso.

Com as novas técnicas da área da Medicina Dentária, é possível sim sorrir sem medo. Resolver este tipo de problema e poder voltar a abrir um sorriso sem ficar constrangido é como renascer. Pode parecer um exagero, mas para que sofre com este tipo de “limitação” o alívio é, realmente, grande, é uma libertação!    
 

Não é apenas pela beleza

Já deve ter percebido que não é só questão estética que recuperar o sorriso é importante. E, justamente por ser também uma questão de saúde, o primeiro passo é agendar uma consulta de avaliação oral sem custos. Existem duas regras que não podem ser esquecidas. A primeira é que não existe uma fórmulas mágicas quando se trata de cuidar e de melhorar o seu sorriso. E a segunda é que todos os casos são únicos. Tome a decisão de aproveitar cada comemoração, fazendo o que a vida tem de melhor: sorrir com segurança, conforto e qualidade!

Adicionar comentário