Bebidas cítricas e verdes: é preciso cuidados com os dentes!

Comer fruta é bom, mas no verão um bom sumo acaba por ser sempre uma ótima opção, principalmente porque nesta estação o nosso corpo pede mais hidratação. Devemos, no entanto, estar atentos às escolhas dos sabores das frutas que escolhemos. Pode parecer estranho, mas é preciso ter cuidados com os dentes quando pensar em ingerir uma bebida, pois se a escolha recair no consumo de sabores cítricos ou até nos “sumos verdes”, estes podem ter um efeito agressor para os nossos dentes.

E onde está o problema? Nas frutas e alimentos cítricos, principalmente aqueles que são ricos em vitamina C como a laranja, o limão e o morango. São ótimas frutas, mas se formos pensar na forma como podem afetar a nossa saúde oral, a resposta é simples: são ricas também em acidez o que pode ser prejudicial ao esmalte dos dentes. Isto pode resultar em problemas que podem começar pequenos e tornar-se mais complicados se não forem bem cuidados.

Hidratar é bom, mas são precisos cuidados com os dentes!

Sim, os dentes são fortes. Mas a acidez de frutas cítricas e das bebidas industrializadas pode gerar reações que provocam problemas à sua saúde oral, principalmente ao esmalte dos dentes. O facto de o PH ser elevado não quer dizer que deve evitar de ingerir bebidas à base de alimentos ácidos ou industrializados.

Existem algumas frutas que possuem uma acidez maior que outras, portanto, saber mais sobre o que vai ingerir já facilita a procura pelo equilíbrio. Então, para ter mais cuidados com os dentes e diminuir as probabilidades de erosão do esmalte quando beber um sumo de fruta, o ideal é escolher alimentos que possuam um pH acima de 7. Esta numeração caracteriza o alimento como alcalino.

É que o contrário, ou seja, com pH abaixo de 7 os alimentos são considerados ácidos. Limão, arandos, ameixa e uva são algumas das frutas que devem ser consumidas com moderação, pois estão entre as mais ácidas, de acordo com os seus pHs. Na verdade, é preciso saber doseá-las para que o consumo seja moderado e evite o desenvolvimento de um problema, como uma erosão num dente, por exemplo.

Erosão dentária: Sabe o que é?

O nome pode parecer um pouco assustador, mas para explicar de maneira simples, podemos dizer que a erosão dentária, que aliás é muito comum entre os problemas dentários, consiste simplesmente no desgaste do esmalte dos nossos dentes. Existem dois tipos de erosão: a intrínseca e a extrínseca. Estas ocorrem através de danos provocados por alimentos industrializados, ingestão de líquidos muito ácidos, refrigerantes e alimentos com muito açúcar.

É preciso ter cuidados com os dentes para evitar este tipo de problema. A erosão extrínseca é classificada como o desgate provocado por alimentos e líquidos. Já a intrínseca ocorre quando o desgaste do esmalte é causado por ácido gástrico que entra em contato com os nossos dentes quando apresentamos um problema como o refluxo gástrico, anorexia e bulimia. Quando se diz que a saúde oral está diretamente ligada ao resto do corpo não podia ser mais verdade. Cuidar de si deve ser uma das suas prioridades para evitar que problemas com os dentes se manifestem no corpo e vice-versa.

Sintomas de erosão dentária

Como já falamos anteriormente, a erosão pode ser resultado da ingestão de diversas substâncias ácidas. No verão é comum que se aumente o consumo de alimentos mais ácidos porque geralmente possuem um sabor refrescante e ajudam a amenizar a sensação de calor nesta época do ano. E como podemos saber se temos um ou mais dentes que estejam a passar por um processo de erosão? Existem alguns sintomas que devem ser levados em consideração e aos quais deverá estar atento:

  • Sensibilidade
  • Descoloração
  • Fissuras ou rachas
  • Transparência na ponta dos dentes

É importante que esteja atento à sua boca para ter uma saúde oral bem cuidada, e para que no caso de identificar algum destes sintomas possa procurar um médico dentista para fazer uma avaliação e iniciar um tratamento dentário.

Estes problemas têm soluções!

Para cada problema, existe sempre uma solução! No que respeita a cuidados com os dentes também. O que não pode fazer é deixar de ter cuidados com a sua saúde oral, porque mesmo que exista um problema pequeno, existe sempre a possibilidade de se tornar algo mais complicado. Uma informação importante: qualquer problema num dente – que não tenha tratamento – pode acabar por provocar uma situação pior, como a perda dentária. E, nesse caso, será necessário recorrer à colocação de Implantes Dentários. Afinal, não é só no verão que é importante sorrir, os dentes precisam de estar bonitos e saudáveis em todas as estações do ano.

Uma boa dica para seguir após o consumo de bebidas cítricas, sumos verdes ou alimentos industrializados e ácidos é bochechar com água e esperar pelo menos 30 minutos para poder escovar os dentes. Uma vez que a acidez está “colada” ao esmalte do dente, esta pode provocar alterações e deixar o esmalte amolecido, o que acaba por provocar a erosão do dente.

Quando falamos em tratamento, este vai depender do seu tipo de problema. Apenas um médico dentista poderá avaliar, identificar e indicar qual o tratamento adequado para o seu caso. Porém, dependendo do problema dentário existente, poderá ser tratado com recurso a uma restauração, ou em casos mais graves, através de um tratamento de endodontia, que é a opção viável quando existem casos de cárie, fratura dentária e desgaste do dente. Neste caso, o procedimento endodôntico trata as doenças da parte interna do dente como o nervo e a raiz com o objetivo de salvar o dente e evitar a sua extração.

E se não tiver cuidados com os dentes e tiver que extraí-los?

Também há solução e neste caso o MEID – Movimento Europeu de Implantes Dentários existe exatamente para reabilitar a saúde oral europeia com o objetivo de recuperar a qualidade de vida e proporcionar novos sorrisos, saudáveis e bonitos. Este Movimento apresenta soluções sob medida para cada caso e ainda disponibiliza uma avaliação oral sem compromisso, realizada por um médico dentista expert em Implantes Dentários.

Além de não obrigar a assumir compromissos, a consulta ide avaliação inclui um exame de Raio-x, diagnóstico e plano de tratamento. Já que o verão está apenas a começar, talvez seja a altura certa para procurar a ajuda de um profissional e agendar a sua avaliação oral, para que possa finalmente ter a sua saúde oral em dia e possa sorrir com prazer e felicidade!

Adicionar comentário