A saúde oral e as DST: saiba como prevenir!

O sexo oral tem a sua importância, mas merece que falemos sobre ele porque a boca pode ser uma via para se contrair doenças sexualmente transmissíveis (DST). Portanto, há, efetivamente, uma relação entra a saúde oral e as DST. Portanto, quando não se tem os cuidados necessários, como o uso do preservativo, o sexo oral pode trazer graves consequências para a sua saúde.

Desta forma, é importante ter uma boa saúde oral, assim como adotar medidas para não ser contagiado com uma DST e, tão mau quando contrair uma dessas doenças, acabar por transmiti-la a outras pessoas.

Mas, afinal, que doenças são essas, como as contraímos e o que podemos fazer para nos prevenirmos? Responderemos a estas e outras dúvidas que possa ter a respeito da saúde oral e as DST neste artigo.

 

Saúde oral e as DST

É extremamente importante cuidar da saúde dos seus lábios, língua e gengiva, para que durante o contacto com o seu parceiro ou parceira durante o sexo oral. Aftas, infeções ou ferimentos abertos, para além do incómodo que provocam, acabam por ser também a “porta de entrada” para as DST no seu organismo. 

Portanto, está aqui mais um motivo para que não deixe de fazer regularmente a escovagem dos dentes e de usar o fio dentário. Cuidando da sua saúde oral evita problemas orais que, para além das suas consequências habituais, podem prejudicar outras áreas da sua saúde.

 

As DST mais comuns transmitidas através do sexo oral 

As principais DST transmitidas através durante o sexo oral são:

  • Clamídia
  • Sífilis
  • Gonorreia
  • Herpes
  • HPV

Além destas doenças, também é possível contrair outras através do contacto com os genitais do seu parceiro, tais como a hepatite A, B e C, assim como infeções gastrointestinais.

Há ainda a possibilidade de transmissão do VIH, ainda que não haja consenso entre a comunidade médica de que isso de facto ocorra quando falamos de saúde oral e as DST.

 

Meio de transmissão

A forma mais comum de contágio de DST pela boca acontece durante o sexo oral, através do contacto entre a cavidade oral e os fluídos corporais do parceiro/a. 

Jovem fazendo escovagem dos dentes

Existem quatro formas de transmissão de doenças através do sexo oral:

  • Por contacto: as doenças mais comuns neste tipo de transmissão são o HPV e o Herpes;

  • Pelo sangue: através de ferimentos abertos, podem ser transmitidos o VIH, a sífilis, a hepatite B e a hepatite C;

  • Através de fluídos: pela via das secreções corporais, a gonorreia é a mais comum;

  • Transmissão vertical: quando transmitido de mãe para filho, o vírus do HPV pode instalar-se na cavidade oral do filho, sendo mais tarde transmitido ao parceiro/a.

 

Como prevenir

A principal solução é: proteja-se! A prevenção do contágio de uma DST, durante o sexo oral, é fazê-lo com segurança

Procure sempre ter muito cuidado com a sua higiene oral, já que diminui o risco de que uma ferida ou infeção se desenvolva na sua boca.

Além disto, procure cumprir as seguintes recomendações a respeito de saúde oral e as DST:

  • Se tiver alguma lesão ou inflamação, sangramento ou aftas na boca, ou se após a escovagem dos dentes houve sangramento, evite fazer sexo oral;

  • Use preservativo ou uma proteção para mucosas orais;

  • Tenha especial atenção às relações sexuais durante a menstruação, altura em que as barreiras naturais do organismo diminuem;

  • Cuidado com o possível contágio durante o sexo oral, através do sémen ou do líquido pré-ejaculatório.

Conclusão

Portanto, antes de praticar sexo oral, não se esqueça de adotar as medidas de prevenção certas contra as DST e lembre-se sempre dos meios de transmissão destas doenças, pois assim estará a proteger-se a si e também à pessoa com quem mantiver relações sexuais. E, caso apanhe uma DST, procure um tratamento junto dos profissionais preparados para o ajudar.

Se gostou deste artigo sobre saúde oral e as DST, partilhe-o com os seus amigos e familiares, e se quiser saber mais sobre este assunto e outros que lhe permitam cuidar mais e melhor da sua saúde oral e geral, continue a acompanhar o nosso blog.

Adicionar comentário