Utilizar o fio dentário é importante: entenda os motivos!

Na maior parte das vezes, o fio dentário acaba por ser esquecido e até subestimado por algumas pessoas. Porém, utilizá-lo é tão importante quanto escovar os dentes e fazer as visitas anuais ao médico dentista para verificar o estado da sua saúde oral – que é importante estar em dia. Pode parecer um pequeno detalhe que um fio que passe no meio dos seus dentes faça alguma diferença e ajude a evitar doenças, por exemplo. Mas, é exatamente pelo seu grande poder de prevenção que o fio dentário é importante.

Existe uma frequência mínima de vezes em que o fio deve ser usado por dia, diversos tipos de produtos do mesmo género e, inclusive, uma forma correta para que seja utilizado de forma eficiente. A ideia é que a partir de agora tire todas as suas dúvidas sobre este produto que, na verdade, é um grande aliado da sua saúde oral, e que passe a querer incluí-lo na sua vida todos os dias.

Sabe qual a importância de utilizar o fio dentário?

Esta resposta é simples e direta: o fio dentário evita uma série de doenças e problemas bucais. Ao utilizá-lo pelo menos uma vez por dia está a evitar problemas como a gengivite – que é uma doença que causa inflamação nas gengivas -, a periodontite – infecção gengival grave que danifica as gengivas e pode evoluir para uma perda óssea -, além de evitar também o aparecimento de cáries e mau hálito.

Mas, de fato, o que faz realmente o fio dentário quando é utilizado? Limpa os espaços entre os dentes que não consegue ver, ou que não ficam totalmente limpos durante a escovagem. Também ajuda a soltar a placa bacteriana acumulada e o resto de resíduos alimentares que ficam entre os dentes ou presos nas gengivas. Como a acumulação de placa pode provocar cáries e gengivite, é altamente recomendável que utilize o fio dentário diariamente.

Conhece aquela sensação quando está a comer pipocas e às vezes a casca incomoda a gengiva? É nestas alturas que usar o fio dentário ajuda a resolver o problema. E porque é que isto acontece? Porque quando é utilizado corretamente, o fio passa à volta da base dos nossos dentes e, inclusive, até dentro das gengivas. E usar o fio dentário ajuda a soltar alguns restos de alimentos que não consegue ver a “olho nu” ou não conseguem ser retirados durante a escovagem, conforme citamos anteriormente.

Qual a forma correta de utilizar?

Primeiro vamos relembrar que o fio dentário precisa de ser utilizado pelo menos uma vez por dia e, principalmente, entre os dentes e abaixo da linha das gengivas, mas, é preciso recordar que a limpeza só fica completa quando é utilizado. O ideal é que passe o fio antes da escovagem, pois, se deixar para o fim pode ter a sensação de limpeza e achar que não será necessário utilizá-lo. É, por isso, que algumas pessoas acabam por deixá-lo de lado. Contudo, existe uma técnica que, se for seguida, ajuda a usar o fio dentário de maneira correta.

Pode seguir estas etapas como um guia para utilizar o fio dentário da melhor forma:

  • Enrole mais ou menos 40 centímetros do fio ao à volta dos dedos médios, mas deixando uma sobra de 10 centímetros, pois precisará de pedaços novos para cada dente
  • Uma vez o fio preparado nos dedos, passe entre os dentes levemente no movimento para cima e para baixo 
  • É importante que ao usar o fio passe não apenas entre os dentes mas também ao redor da base do dente, naquela linha de junção do dente com a gengiva 
  • Use o fio de forma leve, não o force para evitar que magoe as suas gengivas
  • A cada dente, lembre-se de utilizar um novo pedaço do fio dentário. Afinal, deve estar limpo para poder higienizar a área onde será inserido
  • Dentes limpos? para remover o fio, use movimentos de trás para a frente, retirando-o do meio dos dentes.

Tipos de fios dentários

Separámos pelos menos 5 tipos de produtos para que saiba qual escolher quando for usar o fio dentário. Existem alguns mais tradicionais, outros mais resistentes e alguns que são mais indicados para pessoas que utilizam aparelhos ortodônticos – essencial para evitar acumulação de resto de alimentos entre os bráquetes e os dentes – ou para pessoas que possuem dentes mais apertados. Além disso, há fios com cera e sabor e fios com ação branqueadora, ou seja, existem diversas opções.

Entre os tipos de fio dentário existem o de monofilamento – um tipo de fita mais larga que consegue remover restos de alimentos entre os dentes com mais agilidade. Este tipo de fio costuma ser mais caro e tem um produto mais rígido. Uma curiosidade é que não é indicado para quem tem uma condição chamada diastema – que consiste no espaço mais amplo que algumas pessoas têm entre os dentes.

Há também o fio de multifilamento – que é quando o fio possui várias fitas, se for de nylon precisa de ser utilizado com delicadeza, pois pode desfiar. É muito recomendado para quem possui os dentes muito juntos, e como o material é maleável ajuda bastante e adapta-se ao formato dos dentes. Ou seja, ter os dentes muito próximos não é desculpa para não usar o fio dentário.

O escovilhão dentário é similar a uma agulha de plástico curvada. Este tipo é ideal não só para quem utiliza aparelhos fixos, como também para quem utiliza próteses dentárias. O seu formato ajuda a limpar as áreas de difícil acesso como os dispositivos ortodônticos. Outro tipo é o fio dentário com haste que possui um material de plástico que dá suporte ao fio. Este último desliza facilmente entre os dentes e remove os alimentos sem agredir as gengivas. 

Por último, o fio dentário “super floss” ajuda na limpeza para quem utiliza aparelho, por possuir uma extremidade diferente. As suas fibras ajudam a limpar os dentes e os fios ajudam a retirar restos de alimentos que podem estar entre os dentes e as gengivas. É ideal para quem utiliza aparelho, pontes, Implantes Dentários e coroas. 

O fio dentário e os Implantes Dentários

Usar o fio dentário também é importante para a boa manutenção de quem tem Implantes Dentários. Isto porque com a sua utilização a higienização fica mais completa na área entre o Implante Dentário e as gengivas. Existem diversos tipos de Implantes Dentários e o MEID – Movimento Europeu de Implantes Dentários atua para recuperar e transformar sorrisos. 

O MEID possui mais de 40.000 casos de sucesso na área da Reabilitação Oral através da colocação de Implantes Dentários e tem atuação na Europa – em países como Portugal, França e Inglaterra. Detém ainda uma equipa expert em Implantologia que trabalha com técnicas modernas e soluções sob medida. Se tem vontade de mudar o seu sorriso, fique a saber mais sobre os diversos tipos de tratamentos disponíveis no MEID e marque já uma avaliação sem custos!

 

Adicionar comentário